7 formas de melhorar a produtividade com Dynamo

Antes de falarmos sobre as possibilidades para uso do Dynamo, vamos a um breve resumo de como essa solução funciona. O Dynamo é um ambiente de programação que traz em sua interface a possibilidade de criação de códigos e lógicas visuais de fluxos de trabalho para a execução de tarefas.

Como integrar o Dynamo a softwares

Ele possui integração com o Revit, Civil 3D e Navisworks, permitindo a execução de comandos e coleta de informações desses softwares. Dessa forma, o Dynamo pode atuar em atividades como produção de quantitativos, verificações de modelo, entre outros.

1 – Publicação de parâmetros com de identificação ocultos

No Revit, todos os elementos instanciados no modelo, seja 2D ou 3D, possuem um número de ID que não está visível na interface do usuário, mas pode ser acessado através do menu Inquiry, na aba Manage. A partir da seleção de um elemento, é possível obter o seu ID, e em um instante, comunicar a um colega de trabalho, uma inconsistência no elemento.

O ID pode ser usado para identificar um elemento ou seu hospedeiro, no caso da necessidade de rastrear alterações no projeto. No entanto, não é possível obter o ID de um elemento selecionado em um arquivo vinculado.

Vista-de-dentro-do-Dynamo-com-informações-de-tipo-1024x671 7 formas de melhorar a produtividade com Dynamo
Imagem 1 – Vista de dentro do Dynamo, com informações de tipo. (Dynamo Studio functionality)

2 – Manipulação de valores de parâmetros

Dentro do Revit temos a funcionalidade de Estudo Solar, usada principalmente para os estudos de conforto ambiental, no qual é possível fazer testes de insolação ligados a localização da edificação. Alguns dos testes mais comuns são para incidência de luz dentro de determinados ambientes, análises para inserção de aberturas e entradas de luz durante o dia e/ou época do ano.

Tendo em vista as inúmeras possibilidades e testes que podem ser feitos dentro do software, a automatização de análises de incidência solar traz um grande ganho de produtividade. Outra possibilidade de análise pode ser para a escolha de material e/ou forma que terá na fachada, pensando na incidência solar que o edifício recebe.

Vista-de-dentro-do-Dynamo-com-estudo-de-cores-1024x620 7 formas de melhorar a produtividade com Dynamo
Imagem 2 – Vista de dentro do Dynamo, com estudo de cores. (Dynamo Studio functionality)

3 – Criação de formas tridimensionais a partir do DWG

Em alguns casos, aonde os estudos iniciais, o as-built ou refrotit são realizados em uma base CAD (.dwg) é possui reaproveitar o que já foi desenhado, criando elementos tridimensionais que posteriormente serão detalhados e especificados. Além de ser necessário passar algum tempo analisando as layers dento da base recebida, existe o tempo a ser gasto para a própria criação do modelo dentro do novo software.

Lembrando que, toda ferramenta e funcionalidade contida dentro do Revit pode ser automatizada pelo Dynamo. Sendo assim, primeiramente deve-se prever quais disciplinar da base serão automatizadas nesse processo e posteriormente vincular o desenho tridimensional com as layers utilizadas no projeto da base CAD.

Vista-de-dentro-do-Dynamo-com-pesquisa-dos-blocos 7 formas de melhorar a produtividade com Dynamo
Imagem 3 – Vista de dentro do Dynamo, com pesquisa/escolha dos blocos. (Dynamo Studio functionality)

4 – Inserção de famílias a partir de uma referência

As possiblidades de criação de um determinado modelo contendo diferentes tipos de acabamento, textura, dimensão etc, são quase que infinitas, por isso testes de análises podem ser a forma ideal de encontrar a melhor solução projetual. As possibilidades são ainda mais abrangentes quando falamos de forma e processo de criação ainda no estudo preliminar ou anteprojeto.

Para essa criação, podemos nos referir a forma do edifício como um todo ou até mesmo em alguma fachada em especial. Os acabamentos e suas dimensões acabam sendo um próximo passo a se definir, assim como dimensionamento de elementos externos, o que também pode ser automatizado com o Dynamo.

Vista-do-comparativo-entre-projeção-e-realidade-1024x329 7 formas de melhorar a produtividade com Dynamo
Imagem 4 – Vista do comparativo entre projeção e realidade. (Autodesk.com)

5 – Importação e exportação de dados do Excel

O Dynamo permite importar e exportar dados de planilhas do Excel. Em conjunto com a facilidade em criar geometrias complexas, é muito mais simples criar estruturas de pontes e viadutos a partir de informações de uma planilha de Excel, como pontos ou coordenadas.

Configuração-de-blocos-e-nós-dentro-do-Dynamo 7 formas de melhorar a produtividade com Dynamo
Imagem 5 – Configuração de blocos e nós dentro do Dynamo. (Dynamo Studio functionality)

6 – Extração de quantidades gerais

A extração de quantitativos no Revit é realizada através de categorias devido as informações da tabela serem comuns de acordo com as categorias dos elementos. Outro motivo é que as quantidades são medidas de forma diferente para alguns elementos, como unidade, área e volume.

Os quantitativos também podem ser extraídos e agrupados dentro do Excel, conforme preferência. A possibilidade de extração de quantitativos gerais é uma solução para orçamentos que agrupa estas informações, que antes, eram separamos por categorias.

Vista-do-Dynamo-com-blocos-e-nós-1024x507 7 formas de melhorar a produtividade com Dynamo
Imagem 6 – Vista do Dynamo com blocos e nós. (Dynamo Studio functionality)

7 – Criação de cópias e segurança do modelos e seus vínculos

O Revit possui um mecanismo de backups para os modelos individuais, e um histórico de sincronias com um modelo central, para modelos em colaboração. Embora sejam eficazes, ambas as medidas garantem a proteção dos modelos de forma individual, sendo necessário a mesma precaução para os modelos vinculados.

Com o Dynamo, podemos criar rotinas que copiam diretórios inteiros e concatenam a data/hora ao seu nome, criando um sistema de backup que mantem o relacionamento entre os modelos principais e todos os documentos vinculados a ele.

Imagem-7-–-Vista-da-configuração-das-pastas-1 7 formas de melhorar a produtividade com Dynamo
Imagem 7 – Vista da configuração das pastas.

Estes exemplos, servem para demonstrar tarefas que, manualmente, levam muito tempo para serem executadas, e com a programação de rotinas do Dynamo, são automatizadas, incrementando a produtividade e garantindo o padrão do conteúdo desenvolvido.

Texto: Larissa Gimenez e Renan Carvalho – especialistas Frazillio & Ferroni

Informações adicionais

Quer saber mais sobre nossas soluções? Entre em contato conosco: (11) 3224-1900, (11) 97303-7929 (WhatsApp) ou [email protected].

Você sabia que somos Centro de Treinamento Autorizado (ATC®) da Autodesk? Confira nossa agenda de eventos e treinamentos. Acompanhe também nossa página no LinkedIn.

Leia mais

[Artigo] Projetos de Infraestrutura e Estratégia Nacional de Disseminação BIM

[Programação] Confira os treinamentos com turmas abertas na Frazillio & Ferroni

[Artigo] GeoSampa e InfraWorks: explore o mapa digital da cidade de São Paulo

Larissa Gimenez

Especialista técnica no segmento AEC (Arquitetura, Engenharia e Construção) que já realizou mais de 20 palestras sobre soluções BIM em eventos nacionais. É formada em Arquitetura e Urbanismo pela UNIP (2018) e tem vasta experiência em realizar consultorias e treinamentos para diversas empresas. Na Frazillio & Ferroni, integra a área de serviços profissionais, ministrando treinamentos para profissionais de AEC com foco na metodologia BIM aplicada a fluxos de trabalho. Tem excelente domínio das tecnologias Autodesk Revit e Navisworks.

Cadastre-se para receber a nossa Newsletter